coruja

coruja
O Blog das notícias políticas de Caruaru e Região

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

O que começa hoje em Pernambuco – Parte I



Hoje é dia 02 de janeiro de 2013, o que começa hoje nos 185 municípios do estado com a chegada dos novos prefeitos?
Vamos iniciar uma avaliação por Região de Desenvolvimento e em especial nós municípios de maior influência em cada RD
Vamos começar por Recife, as urnas decretaram o fim de uma longa temporada de 12 anos do PT a frente do município, as duas gestões de João Paulo e a gestão, conflituosa de João da Costa. Recife viveu neste período uma verdadeira mudança, teve retirado das ruas as lotações, viu o início da transformação viária com a via Mangue, um aumento de casas populares com o “Minha Casa Minha Vida”, o fim das palafitas e de outras áreas de sub-habitação, implantação de escadarias, obras nos morros e a implantação do “Modo Petista de Governar” o OP – Orçamento Participativo. Foi pouco para uma cidade que sofre com um vaco na saúde básica, responsabilidade do município, que sofre com a mobilidade, que sente o discuido com o tratar da cidade, tratar das pessoas, a gestão petista errou exatamente onde não deveria errar, na política, o ego de seus dirigentes maior, que protagonizaram vitorias como a de João Paulo sobre Roberto Magalhães foi capaz de provocar a maior derrota que o partido já teve na capital pernambucana.
Venceu a “Nova Política” a política de resultados que promete e cumpre, Geraldo Júlio representa um governo que vem de um Pernambuco que dá certo, o governo que a meritocracia é meta de todos para servir ao povo, Geraldo representa uma esperança de ver Recife voltar a sorrir, com o povo mais assistido, coma cidade mais limpa, com uma comunidade mais justa. Geraldo Júlio representa para o Recife o que Eduardo Campos representou, em 2006, para Pernambuco, a esperança e o desejo dos recifences é que ele se transforme em realidade, e isso só o tempo ira responder.
Geraldo Júlio tem os mesmos desafios que 12 anos atrás moveram a vontade de acertar de João Paulo, mesmo ainda com uma imagem muito forte, o que não se tornou uma realidade.
Hoje o Recife amanheceu com um ar de esperança e de vontade, de unidos povo e governo, transformar esta cidade em um lugar mais justo e feliz.
VIVA O RECIFE, cidade número um de muitos pernambucanos e número dois da maioria dos pernambucanos como eu.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A velha política

Estamos vivendo um momento impar na política mundial, que é composta de movimentos em todos os continentes sem distinção alguma, hoje o Coronelismo começa a dar os seus últimos suspiros, principalmente onde ele ainda esboça um ar de arrogância e prepotência.
Seja os fundamentalistas  muçulmanos, seja os coronéis modernos da velha política brasileira.
O Nordeste, região que cresce, economicamente falando, mais que as outras regiões do pais, ainda padece desta, atrasada, concepção de modelo governamental, mesmo com brilhantes exceções como o caso do Governador  Eduardo Campos. O pior de tudo é que em cidades de portes médios e grandes do nordeste os "Coronéis", em um movimento de busca de salvação, reage com força e violência.
O "Corolenismo" é fruto da falta de pratica coletiva de  discussão, de projetos que atendam a maioria e com ela seja validado, sem falar na mais grave das fundamentações,  a falta de maturidade política para conviver com o contraditório, quem ousar ficar contra o que hoje se chama da "maquina da prefeitura" esta fadado a sucumbir, seja qual for o seu objetivo. O "Coronel Político" na modernidade pousa de preparado, de intelectual e muitas vezes até de bom gestor para chegar onde possa exercer, do seu pedestal, a força da patente, e aí fazer valer o seu poder.
Mas a face mais cruel do "Coronelismo" é sem duvidas o patrimonialismo, onde o publico e o privado se confundem, para o "Coronel" ele é o poder e pode tudo desde de simples atitudes como o abuso de bem publico até trafego de influencia, apropriação de bens públicos e corrupção.
É como combater este câncer da política?
O tratamento, com os instrumentos moderno de comunicação, tornasse cada vez mais eficaz, a comunicação a órgãos de controle, a divulgação em mídias sócias , sem descuidar da base teórica, o conhecimento que liberta.
Existe saída para esta tentativa de preservar a "Velha Política"? Este é outro assunto que pretendo publicar ainda esta semana. É isso aí.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Salve a BANDEIRA DO BRASIL

Você lembra da linda bandeira do Brasil? é hoje se comemora o dia da bandeira. Você lembra do Hino da Bandeira? Não, escute e cante. A Bandeira é o simbolo mais popular da patria.
video

O que vem aí na política de Caruaru



Segundo tenho acompanhado a opinião de estudiosos da política, Caruaru vive um fim de ciclo, as principais lideranças estão chegando ao final de suas trajetórias, no campo mais a esquerda: José Queiroz vai iniciar o seu 04 mandato de prefeito depois de ser deputado estadual, Jorge Gomes inicia o seu terceiro mandato de vice-prefeito depois de ser deputado estadual e federal e também vice-governador, João Lyra Neto depois de ser 02 vezes prefeito, deputado estadual esta no segundo mandato de vice-governador, no campo da direita Tony Gel consegui se manter por mais de duas décadas sem ter a sua hegemonia contestada mas depois de 02 derrotas e de uma eleição difícil para Assembleia Legislativa, mesmo já tendo sido prefeito por duas vezes e deputado federal por várias vezes,  sofre a carência de sucessor.
Entre os novos nomes da política Raquel Lyra,que exerce o mandato de deputada licenciada e secretária da Criança e da Juventude surge como uma possível liderança trás o legado da família e a maior votação para deputada em Caruaru na eleição que disputou;
Wolney Queiroz que exerce o seu terceiro mandato de deputado Federal já tendo sido também vereador e outro nome que é sempre lembrado, mesmo que se destaque a sua pouca aptidão para a administração, já que ele se destaca, e vem, como legislador;
Douglas Cintra, empresário e suplente do senador Armando Monteiro é nome que se comenta como sucessor administrativo do prefeito José Queiroz;
Marcelo Gomes vereador eleito e filho do casal Jorge Gomes e Laura Gomes que esta iniciando a sua vida pública de mandato é ainda uma promessa;
Toninho Rodrigues, empresário e filho do deputado Tony Gel, é ainda uma promessa muito incipiente, ainda não demonstrou as suas qualidades mesmo tendo coordenado a campanha da mãe, Miriam Lacerda, sem obter êxito,
Nos partidos surgem nomes como Demostenes Veras vereador e ex-viceprefeito; Licius Cavalcanti vereador e presidente da Câmara, Rogério Menezes vereador, Luize Caroline entre outros.
Como sempre o juiz deste jogo, que esta ainda em fase de aquecimento, será o povo que tem a voz e o voto para decidir quem é quem.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Arena Pernambuco esta na Copa das Confederações

A Arena Recife ira receer 03 jogos da Copa das Confederações nós dias 03; 19 e 23 de junho, ou seja quando o esttado comemra a maior festa do Nordeste, o São João, tem jogo na arena.
O Gopvernador Eduardo Campos acompanhou em São Paulo o anuncio das sedes e da tabela, também foi anunciado a forma de venda dos ingressos.
Eduardo disse que "Pernambuco antecippou em um ano o seu ca\lendário de construção da Arena Pernambuco e vamos cumprir esta tarefa com louvor" ao ser indagado sobre as obras de mobilidade o governdor disse "Pernambuco é o estado que esta mais avançado neste questão mobilidade",
Já o presidente da CBF, José Maria Marins, disse que " há estados que precisam correr, mas, temos a confiança que todos vão cumprir o compromisso.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Na confusa eleição Americana, deu Obama outra vez




Já com a maioria no Colégio Eleitoral, 303 delegados, o reeleito presidente dos EUA, Barack Obama, sai das urnas com uma situação inusitada, os Democratas, que lá são mais liberais que os Republicanos, perderam a eleição para a Câmara, o partido de Romney fez 231 x 185, os republicanos também elegeram mais governadores até agora 30 X17, já no senado a vitória foi dos Democratas 51 x 45.
Obama não vai ter dias tranquilos na relação interna com a Câmara Federal nem com os governadores entretanto, terá céu de brigadeiro no senado.
É desta vez o burro (símbolo dos Democratas) passou o elefante (símbolo dos Republicanos)  mas, não vai ter moleza não.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

A maior democracia do mundo vai às urnas, será que é a maior?




Parece brincadeira mais não é, o modelo de votação da maior democracia do Mundo, Estados Unidos da America USA, elege o seu presidente em uma votação cheia de vícios e em cédulas de papel, é que quem conseguir 270 delegados para o colégio eleitoral, isso mesmo o que no Brasil já não existe desde da proclamação da Constituição Cidadã de 1988, é eleito presidente da nação mais rica do mundo.
O grande avanço da maior democracia do mundo e a não obrigatoriedade do voto, qual seria a vantagem, os custos das eleições americanas é maior que no Brasil e com o número de  eleitores, que efetivamente votam menor que no Brasil, será que é vantagem.
Na terra de Tio Sam, não existe o ‘’GUIA ELEITORAL’’, a propaganda eleitoral é paga com dinheiro de contribuição de megas empresas globais, principalmente a indústria bélica e farmacêutica.
Outra coisa e que a Imprensa lá declara o voto, dos poucos mais de 400 jornais diárias, incluindo o Whasington Post e outros grandes apoiam Obama, já cerca de 180 declaram o apoio a Romney. As grandes redes de televisão também declaram a sua posição.
Nesta eleição municipal no Brasil um voto custou cerca de U$ 1,10, pouco mais de R$ 2,00, a eleição de hoje no USA custou cerca de U$ 2 bilhões, só em doações de empresas, não se sabe ainda quanto custou de propaganda paga na Tv?
Em vários estados Americanos se vota em cédula de papel e a apuração demora uma semana, além do mais se vota sobre tudo, sobre a liberação da Maconha no Colorado, sobre o Sistema Carcerário em Ohaio, sobre a manutenção ou alteração de qualquer coisa.
Tem estados como o pequeno Maine que tem apenas um delegado e os grandes e ricos como Florida tem 29 delegados, Califórnia 55 e assim se compõe o Colégio Eleitoral com 538 delegados que não são, obrigatoriamente, deputados federais.
 Vamos deixar esta “mania de ser o pobrezinho e vamos dizer:  O BRASIL E A MAIOR DEMOCRACIA DO MUNDO”. Temos muito a aprender com os Estados Unidos, porém, eles também muito a aprender com o Brasil.